quarta-feira, 24 de março de 2010

O mundo esta em silêncio agora.
Quando eu disse para você que eu me importava, não estava sendo ironica.
Não sei mais o que pensar, nem o que sentir, quando você me trouxe pra casa deveria ter percebido que era o ultimo olhar.
Dessa vez eu pensei que alguma coisa iria acontecer.
É melhor você ir embora então.
É melhor eu ir embora então.
Eu não lembro de mais nada. O silêncio sufoca e as lagrimas afogam.
A voz quer sair, mas algo impede.
Só o papel me entende agora.
A confusão de sentimentos se espalha pelo sangue.
É a pior sensação de todas.
Espero que você fique.
Eu preciso de você agora, eu espero que você fique...

Um comentário:

Rui Brito disse...

Ola Gisele

Só queria avisar-te que voltei a escrever no meu blog, e tenho seguido o teu parabens por não parares de exprimir o que sentes.