sexta-feira, 16 de abril de 2010

Aquela minha parte que ninguém conhece é aquilo que eu verdadeiramente sou.



Espero que um dia possam enxergar isso.

Um comentário:

Rui Brito disse...

aquela parte que ninguém conhece não é uma parte é um todo de ti, a parte que mostras não cabe dentro do teu ser, é rejeitada pela tua existência.

estas páginas nunca enquanto esse ser existir estaram vazias